Como usar a escuta empática para cultivar ótimos relacionamentos pessoais

Os melhores relacionamentos são construídos na base de comunicação sólida . A verdadeira comunicação inclui a habilidade de ouvir um ao outro com empatia. Como seres humanos emocionais, todos precisamos de empatia. É um tipo de amor , respeito e compreensão que tem a capacidade de cultivar relacionamentos pessoais incríveis. Ouvir com empatia torna as conversas significativas, inspiradoras e gratificantes. Os melhores líderes do mundo são ouvintes empáticos que sabem que é mais importante ouvir do que falar.

Infelizmente, a maioria das pessoas tende a falar muito mais do que ouvir. Concentrando-se no que os outros estão dizendo, sentindo e fazendo, você não apenas se apresenta com mais eficácia, mas também aprende mais. A escuta empática é uma forma de ouvir e responder aos outros que melhora a compreensão e a confiança. Se você deseja construir relacionamentos melhores com seu parceiro, seus filhos, seu chefe ou qualquer outra pessoa, você pode usar a escuta empática para cultivar a conexão.



Existem 4 chaves para ouvir com empatia. Eles estão:



1. Ouça em vez de ouvir

Ouvintes empáticos não apenas ouvem a conversa. Eles estão ouvindo. Ouvir envolve foco e esforço concentrado. Ouvir significa prestar atenção na história da outra pessoa, no uso da linguagem, na voz e na linguagem corporal. Você está ciente tanto do verbal quanto mensagens não verbais que estão sendo retransmitidos. No entanto, a escuta empática não é um processo passivo. Você deve permanecer engajado e ativo na conversa.

Steve Covey tem uma frase famosa que diz “Procure primeiro entender, depois seja compreendido”, que é o objetivo final de ouvir. Você deve pensar na mensagem que está sendo passada a partir da perspectiva do palestrante, sem inserir suas próprias opiniões e julgamentos.



A maioria das pessoas tem capacidade física para ouvir, mas nem de longe tantas têm consciência para ouvir. Aqueles que o fazem, constroem relacionamentos e laços mais fortes com os outros. Quando você realmente ouve outra pessoa, envia a mensagem de que a valoriza e o que ela está dizendo e sentindo. Ao ouvir com empatia, em vez de apenas ouvir, você incentiva o locutor a se expressar totalmente, sem medo de críticas, intimidação ou interrupção. Vocês ganhar confiança que é uma parte essencial de todos os relacionamentos. Você está realmente interessado no que eles estão dizendo e não os está julgando por isso.

colocando minha vida de volta nos trilhos

2. Faça perguntas abertas

Ouvintes empáticos sabem o poder das perguntas abertas em um relacionamento. As perguntas abertas são elaboradas para encorajar uma resposta significativa que vem do coração e da alma do destinatário. A resposta é aberta. Você não está tentando prever ou instruir uma resposta específica. Em vez disso, você deseja encorajar uma resposta autêntica. Estes são perguntas de alto valor para você e para o palestrante. Eles criam uma experiência de aprendizagem para ambas as partes porque evocam o pensamento e reflexão . Elas desenvolver a conversa encorajando a abertura. Se quiser saber mais sobre a pessoa com quem está falando, incluindo seus sonhos, desejos, necessidades e problemas, você pode fazer isso usando perguntas abertas.

Ao fazer perguntas abertas, você expressa o desejo de uma comunicação profunda com o destinatário. Tu es mostrando respeito e abrindo a porta para a colaboração. As perguntas abertas permitem que o relacionamento cresça porque são uma ponte para o entendimento e uma comunicação eficaz. Você pode usar perguntas abertas com um ente querido para construir intimidade . Você pode usá-los com um chefe para construir confiança e expressar interesse no crescimento da carreira. As opções são infinitas porque essas perguntas são uma ferramenta poderosa para cultivar relacionamentos pessoais.



Exemplo de pergunta fechada: “gosta dele / dela?” - a resposta é sim ou não.

Exemplo de uma pergunta aberta: 'o que há nele que você gosta ou não gosta?' - a resposta requer reflexão e é provável que seja aprofundada com oportunidades para ouvir, compreender e talvez investigar com mais perguntas.

Leitura de empatia mais essencial (o artigo continua abaixo):

3. Refletir para compreender

Ouvintes empáticos sempre agem como um espelho - refletindo de volta o que eles acreditam que o falante está dizendo e sentindo para verificar a compreensão. A escuta reflexiva é importante porque mantém ambas as partes na mesma página. O reflexo permite que o locutor verifique se você está ouvindo corretamente e permite que o ouvinte determine se o locutor foi totalmente compreendido. A escuta reflexiva ajuda o orador a ser ouvido e a alcançar seu propósito na conversa.

Através disso tipo de escuta , você pode até ajudar o falante a decidir sobre um curso de ação ou explorar seus sentimentos a uma nova profundidade. Para usar esse tipo de escuta, depois que o falante tiver falado por vários minutos e parar naturalmente, resuma o que ouviu e peça para verificar se você está correto. Por exemplo, você pode dizer “Então, se bem entendi, você está frustrado por não poder ficar sozinho nos fins de semana. Estou correcto?'

A escuta reflexiva é importante para todos os relacionamentos. Permite ao orador saber que ele ou ela foi ouvido e apoiado, bem como compreendido. A reflexão ajuda a fornecer feedback e permite que o locutor alcance níveis mais profundos de expressão. Se você quiser construir relacionamentos saudáveis e estabelecer rapport, a escuta reflexiva é uma maneira definitiva de conseguir exatamente isso.

4. Ouça sem dar conselhos

Ouvir e dar conselhos são duas estratégias fundamentalmente diferentes. Ouvir é encorajar a outra pessoa a compartilhar sua história a partir de sua perspectiva. Se você deseja se tornar um verdadeiro ouvinte empático e cultivar relacionamentos incríveis, deve aprender a arte de ouvir sem resolver. Embora você possa se sentir obrigado a dar conselhos ou resolver o problema do falante, este não é um método eficaz para se comunicar com empatia, porque ouvir não significa mudar a outra pessoa.

melhor maneira de dizer a alguém que você gosta

O objetivo de ouvir é conectar-se com a pessoa e construir uma relação de confiança. É desafiador ouvir alguém e não ajude-os resolver o problema sobre o qual eles estão falando, mas ao fazer isso você pode construir uma enorme quantidade de confiança. Por exemplo, você pode ouvir um problema completamente e simplesmente dizer 'Uau, sinto muito por você ter que passar por isso'. A menos que alguém peça especificamente seu conselho, é melhor não oferecê-lo. E se você decidir dar conselhos, certifique-se de ouvir primeiro.

Ouvir com empatia melhora a compreensão mútua e cria confiança. É uma habilidade essencial para aprender se você deseja cultivar e manter ótimos relacionamentos com amigos, família, amantes, colegas e qualquer outra pessoa com quem você se relacione.

A escuta empática não apenas criará um ambiente seguro onde a pessoa de quem você gosta pode liberar suas emoções sem medo, mas também é essencial para reduzir a ansiedade e a tensão. Se houver alguém em sua vida com quem você deseja construir um relacionamento, trabalhe nas habilidades descritas acima para ouvir com empatia. Torne-se a pessoa sobre a qual ele ou ela pode derramar seus sonhos, esperanças e preocupações sem medo. Depois de dominar essa habilidade, observe seu relacionamento florescer em uma conexão significativa e profunda, possível apenas por meio da empatia.