Os 8 segredos para uma comunicação eficaz: dicas profissionais para maximizar cada interação

Habilidades de comunicação eficazes são uma parte essencial da socialização e do estabelecimento de conexões significativas com outras pessoas. Sem eles, pode-se facilmente perder detalhes importantes e mal-entendidos podem rapidamente criar uma barreira entre as pessoas.

Você pode usar essas habilidades em praticamente qualquer aspecto de sua vida para construir amizades mais saudáveis ​​e relacionamentos . O desenvolvimento de habilidades sociais e de comunicação é um investimento que continuará a render dividendos pelo resto de sua vida.



como saber se um homem está escondendo seus sentimentos

Pode ser difícil se sentir vulnerável ou realmente se conectar com alguém se você tiver problemas de socialização, como timidez, ansiedade social ou depressão. A boa notícia é que essas são coisas que você pode aprender e praticar até melhorar.



Habilidades como ...

1. Escuta Focada, Ativa

As pessoas tendem a não gostar de sentir que não têm toda a sua atenção em uma conversa. Uma coisa simples de fazer que pode colocá-lo cabeça e ombros acima de outros conversadores é simplesmente preste atenção . Deixe o telefone de lado, desligue a televisão e preste atenção na pessoa com quem está conversando. O contato visual demonstra ao seu parceiro que você está interessado no que ele tem a dizer. Isso mostra a eles que eles são o seu foco enquanto você está conversando.



Isso é importante mesmo depois de você se acostumar com uma pessoa. Por não ativamente ouvindo , tu es não verbalmente comunicar a eles que o que eles têm a dizer não é importante ou significativo para você. Isso é uma coisa ruim, porque se eles sentirem que você não se importa, eles vão parar de falar com você.

Porém, nem toda conversa precisa ser focada no laser! Apenas aqueles em que você está discutindo assuntos importantes ou se conhecendo.

2. Deixe sua visão de mundo para trás

A grande vantagem de conhecer novas pessoas é que você tem a oportunidade de explorar a perspectiva e a visão de mundo de alguém que viveu uma vida diferente da sua. O problema é que nem sempre ouvimos para ouvir, muitas vezes ouvimos para que possamos responder .



Impomos nossa própria visão de mundo sobre o que essa outra pessoa está nos dizendo, procurando encontrar falhas em sua perspectiva ou raciocínio. Isso nem sempre é ruim. É bom manter algum ceticismo enquanto ouve, mas isso não significa que você precisa expressá-lo.

Muitas vezes, encontramos falhas na perspectiva de outra pessoa, não porque ela esteja tentando nos enganar, mas porque tivemos experiências de vida diferentes que afetam a maneira como percebemos o mundo. Isso é ótimo! Isso significa que você pode aprender muito se estiver curioso e fizer perguntas genuínas para entender melhor por que essa pessoa vê o mundo da maneira que vê.

Ao ouvir e conversar, tente não impor suas crenças pessoais ao que a outra pessoa está dizendo a você. Simplesmente tente ouvir e ouvir o que eles têm a dizer.

3. Não interrompa

Paciência é uma parte importante de uma comunicação significativa. Nada é mais frustrante do que uma pessoa que constantemente interrompe para interpor seus próprios pensamentos antes que você tenha a chance de terminar de se expressar. Interromper outra pessoa é sempre péssimo e algumas pessoas vão considerar isso um insulto. Por quê? Porque implica que você conhece os pensamentos daquela pessoa melhor do que ela, que seus pensamentos não valem a pena ser ouvidos ou considerados. Não é uma ótima maneira de estabelecer relacionamento.

por que é importante mostrar respeito

Tenha paciência e deixe a outra pessoa se expressar como precisa.

4. Faça perguntas

Não entende o que a pessoa com quem você está conversando está tentando comunicar? Pergunte!

Fazer perguntas demonstra que você se sente confortável em reconhecer que não sabe as coisas, bem como em esclarecer o assunto em questão. Além disso, as pessoas gostam de falar sobre si mesmas. Fazer perguntas sobre o ponto de vista da pessoa, ou para obter detalhes adicionais, pode ajudá-lo a entender melhor o que ela está tentando comunicar.

Há um equilíbrio a ser alcançado aqui. Não tenha medo do silêncio. Uma conversa não precisa ser um ataque em staccato verbal para frente e para trás. O silêncio só é desconfortável se você decidir reconhecê-lo como tal. Você pode sentir que sim, mas não precisa expressar externamente essa observação ou tentar preencher o silêncio. A outra pessoa pode estar apenas refletindo sobre a conversa atual. Dê a eles a liberdade de pensar um pouco.

Você também pode gostar (o artigo continua abaixo):

5. A conversa é uma rua de mão dupla

Lembre-se de que o objetivo de uma conversa é trocar informações e ideias com a outra pessoa. Nervosismo, ansiedade ou inaptidão social pode fazer com que uma pessoa fale demais ou se concentre apenas em si mesma. O objetivo é ter um fluxo de ida e volta onde ambas as partes contribuam significativamente para a conversa, para que uma pessoa não sentir-se oprimido .

Pode ser desconfortável sentir que você está falando demais, mas há uma saída fácil! Simplesmente lembre-se do ponto anterior e faça uma pergunta. Uma pergunta permite que você saia elegantemente de uma linha de pensamento e incite seu parceiro a falar.

Além disso, uma pessoa autoritária em seu estilo de conversação pode estar apenas lidando com seus próprios nervos. O contato visual e um sorriso caloroso ajudam muito essa pessoa a se sentir confortável.

6. Esteja ciente de sua linguagem corporal

O corpo de uma pessoa comunica muitas informações no decorrer de uma conversa. Você não deve apenas prestar atenção e estar ciente da linguagem corporal de seu parceiro, mas deve estar ciente da sua própria. Já mencionamos o contato visual e o sorriso, que são pistas importantes da linguagem corporal. Apenas lembra-te: comunicação não é só verbalização.

Outras dicas a serem observadas são sua postura, cruzar braços e pernas, a velocidade com que você fala e o quão alto você fala. Algumas pessoas são apenas naturalmente quieto e está tudo bem, mas você precisa falar alto e claro o suficiente para ser ouvido. É comum uma pessoa falar rapidamente se estiver nervosa ou desconfortável. Às vezes, precisamos fazer um esforço ativo para diminuir o ritmo.

A postura é importante porque uma pessoa pode pensar que você está desinteressado se estiver desleixado ou se afastando da conversa. E braços e pernas cruzados tendem a ser interpretados como atitude defensiva.

7. Divulgue algumas informações pessoais

A maioria das pessoas não está procurando uma conversa obsoleta e impessoal. É claro que existe um momento certo e um momento errado para conversas profundas. É bom manter o assunto em um nível superficial se você estiver em uma conversa geral. Mas, ao conhecer alguém, é normal ir um pouco mais fundo e falar sobre interesses pessoais, como hobbies, livros ou filmes favoritos, ou o que você fez no último fim de semana.

como ignorar um homem e fazê-lo querer você

É mais ou menos onde tudo deve terminar, até que você desenvolva um relacionamento mais profundo e confie em alguém. Despejar muitas informações pessoais é uma boa maneira de afastar as pessoas.

8. Pratique, pratique, pratique

Habilidades de comunicação eficazes são exatamente isso - habilidades. São coisas que podem ser aprendidas e desenvolvidas por meio da prática regular. Você deve praticar, porque ler sobre eles apenas fornecerá uma plataforma de conhecimento a partir da qual você poderá operar. Você precisará de prática e aplicação no mundo real para aproveitá-los ao máximo.

Você não conseguirá ficar perfeito desde o início , e não sinta que precisa mudar tudo de uma vez. Escolha uma faceta de sua socialização e trabalhe nela até que se torne uma segunda natureza. Depois de conseguir esse, escolha outro, e outro, e outro. Antes que você perceba, você será um conversador fluente.